sábado, 9 de abril de 2016

The Dock Of The Bay - Lisa Ono (Por Edivaldo Sposito)



Lisa Ono, a japonesa-brasileira, que já gravou CDs com arranjos mesclando bossa-nova com canções francesas, italianas, havaianas, americanas e, até, árabes, prossegue nesta trilha: desta vez é o cruzamento dos genes da bossa-nova com a soul music, que imperou  nos anos 60 e 70 nos USA.

Pr’a quem chegou agora, vale lembrar que Lisa Ono - violonista e compositora -  é descendente de japoneses, e tornou-se uma espécie de "embaixadora" da MPB no Japão. Seu pai era proprietário de uma casa noturna e empresário de Baden Powell em São Paulo. Aos 10 anos de idade, mudou-se, com sua família, para o Japão. Lá, seu pai abriu a casa de espetáculos Saci-Pererê, onde a cantora começou a se apresentar, interpretando músicas brasileiras. Desde então, divide seu tempo entre Tokyo e o Rio de Janeiro.

Ela fez grande sucesso no Japão, com seu CD: Bossa & Soul, com repertório gravado originalmente por Marvin Gaye, Ray Charles, Stevie Wonder e James Taylor, entre outros. Os arranjos são de Romero Lubambo [ que transformou I feel good, de James Brown em um baião ], Dori Caymmi e Mario Adnet.

Uma das músicas do CD é “Sittin’ on the dock of the bay”, [Steve Cropper & Otis Redding]sucesso de 1968, que Otis Redding gravou 3 dias antes de morrer em um desastre aéreo em Minnesota, durante uma excursão.

Por Edivaldo Sposito- Rádio Manhattan

Nenhum comentário:

Postar um comentário